Classificação

classificação

Como é feito a classificação dos filmes?

Qual a coordenação de classificação? A Coordenação de Classificação Indicativa (Cocind) do Departamento de Promoção de Políticas de Justiça (DPJUS) é responsável pela Classificação Indicativa (Classind) de filmes, aplicativos, jogos eletrônicos e programas de televisão no Brasil. O sistema de classificações foi criado em 1990. [1]

Qual é a classificação indicativa de uma obra?

Classificação Indicativa (Classind) é uma informação sobre a faixa etária para a qual obras audiovisuais não se recomendam, baseada em critérios de nível de maturidade, tendo como propósito principal ser ferramenta de auxílio aos pais na escolha do conteúdo midiático que seus filhos devem ter acesso.

Qual é a diferença entre onde e onde?

Por essa razão, em um período como Onde você nasceu?, por exemplo, não é possível pensar em pronome relativo: o período é simples, e nesse caso, onde é advérbio interrogativo. Na língua culta, escrita ou falada, onde deve ser limitado aos casos em que há indicação de lugar físico, espacial.

Quais são as categorias de filmes?

Quais são as categorias? Um método classificativo é o de faixa etária que indica diretamente qual é a idade mínima recomendada para assistir o filme. No Brasil, segundo o Portal do Ministério da Justiça, as classificações indicativas são dadas pelos códigos: L (verde) – Livre para todos os públicos.

Quais são as classificações indicativas de filmes?

As classificações indicativas são um exemplo. Lá fora, o Motion Pictures Association of America, um órgão controlado pelos principais estúdios de cinema dos EUA, classifica seus filmes de cinco maneiras: G, PG, PG-13, R e NC-17. G significa que o filme é liberado para pra todo mundo, numa tradução livre de “general audiences”.

Quais são os códigos de classificação indicativa para filmes sem legenda em inglês?

Para quem compra ou assiste filmes sem legenda em inglês, segundo o site MPAA que explica a classificação indicativa vigente nos Estados Unidos por exemplo, os códigos de classificação indicativa são: G – O filme não contém nada que os pais se ofenderiam caso assistissem com seus filhos.

Como é feita a classificação indicativa? A classificação indicativa é uma recomendação sobre a faixa etária que pode consumir um produto audiovisual. O trabalho de categorizar essas obras é realizado por uma equipe no Ministério da Justiça, com fundamentação na Constituição Federal de 1988 e no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Quais são as regras para o descumprimento da obra?

Qual é o significado de onde?

O vocábulo “donde” indica “de algum lugar”, “ao lugar que (em que direção). Este último pode ser separado da preposição: “de onde”. O “donde” também possui valor circunstancial de lugar (“aquilo que vem”) e o verbo “vir” exige a preposição “de”, que deve ser adicionada ao advérbio “onde”.

Qual a diferença entre onde e foi?

Sobre o uso do termo “onde” nesse trecho, é correto afirmar que, segundo a norma-padrão: a) “onde” indica o momento em que os vereadores debatiam a proposta. b) o uso de “onde” está incorreto, pois o verbo “foi” exige a preposição “a”.

Qual a diferença entre aonde e a palavra?

A palavra está ligada a verbos que dão o sentido de permanência. Aonde está relacionada a verbos que possuem a ideia de movimento ou aproximação. O advérbio é utilizado como a junção da proposição a + onde. Ao referir-se à localização exata de algo.

Qual é o uso correto dos termos “onde” e “aonde” exceto?

“Onde”, além de indicar um lugar, é um pronome relativo que se refere a um termo anterior, ou seja, à “Câmara”. Questão 3 - Marque a alternativa em que o termo “onde” deve ser substituído por “aonde”. a) Onde você estava quando a sua filha foi atropelada e quase morreu? b) Nos lugares onde há saneamento básico, é menor o índice de contaminação.

Postagens relacionadas: